LIVRO – Colapso ou sobrevivência?

Livro

Colapso: Como as Sociedades Escolhem o Fracasso ou o Sucesso, 2006.
Tradução de Alexandre Raposo – 4ª ed. – Rio de Janeiro: Record.

→ Considerações: Christine Farias

Presente de aniversário de meu pai, diga-se de passagem, o melhor!

Este livro emprega o método comparativo para compreensão de colapsos sociais que tiveram a contribuição de problemas ambientais.

Vencedor do prêmio Pulitzer nos EUA com a obra “Armas, Germes e Aço”, o biogeógrafo Jared Diamond aponta como danos ambientais, mudanças climáticas, rápido crescimento populacional, parcerias comerciais instáveis e pressões de inimigos foram fatores na queda de algumas sociedades. Outras civilizações, contudo, encontraram soluções para esses mesmos problemas e subsistiram.

Diamond estuda casos de ilhas com limitada capacidade de suporte: a Hispaniola, onde o Haiti e República Dominicana gerenciam de forma distinta as duas partes do território; a ilha de Páscoa, que devastou suas florestas o que tornou a vida ali insustentável; o Japão, um arquipélago que aprendeu a restaurar as florestas de suas montanhas e a reduzir o assoreamento nos vales férteis. A ilha de Tikopia no Pacífico Sul, com 4,7km2 e densidade de 309 habitantes/km2, habitada há quase três mil anos. Nela, uma das estratégias para garantir a capacidade de sustentação do ambiente foi a mudança de hábitos alimentares, eliminando todos os porcos, que “atacavam e estragavam as plantações, competiam com os humanos por comida, eram um meio ineficaz de alimentar seres humanos (são necessários nove quilos de vegetais comestíveis para produzir apenas um quilo de porco) e acabaram se tornando uma comida de luxo para os chefes”. DIAMOND, Jared. Colapso. p. 356

Uma brilhante leitura que nos remete ao passado.

Muito me fez recordar de quando era estudante de 1º grau, na matéria Estudos Sociais (ainda existe?) a professora falou dos povos antigos “Incas, Maias e Astecas”, de maneira muito superficial, mas que despertou minha curiosidade de saber o que lhes tinha acontecido – o mesmo que os paleoíndios antes do Brasil ser “descoberto”? – e algum tempo depois, ao ler algum assunto relacionado à Sociedade Rapa Nui (ou Pascoenses), o que me veio à mente foi planejar uma viagem turística ao local, conhecer as impressionantes e imensas estátuas erguidas Deus-sabe-como!!!! E agora, como estudante universitária, tenho a rica oportunidade de conhecer, através deste livro. detalhes daquela sociedade!

A obra apresenta lições dos desastres ambientais das antigas civilizações como alerta para os perigos que ameaçam a sobrevivência humana.

SERÁ QUE O DECLÍNIO DE TAIS CIVILIZAÇÕES É ALGO MUITO DIFÍCIL DE NOS ACONTECER?

QUAIS AS SEMELHANÇAS E DIFERENÇAS ENTRE AS ATITUDES DE POVOS ANTIGOS DAS NOSSAS ?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: